Como remover a gordura do estômago: dieta para o estômago liso

Como remover a gordura do estômago: dieta para o estômago liso

Como remover a gordura do estômago: dieta para o estômago lisoAqueles que estão constantemente lutando com o excesso de peso sabem que a coisa mais difícil durante a perda de peso é remover a gordura do abdômen. A gordura visceral é necessária para uma pessoa, pois protege os órgãos internos contra danos. Mas apenas com a condição de que seu volume não exceda 10-15% do número total de todas as células adiposas. Quando a porcentagem excede as normas permitidas, a gordura visceral pode levar a problemas de saúde, como o aparecimento de pressão alta, açúcar no sangue, problemas no sistema cardiovascular. Portanto, os nutricionistas desenvolveram um sistema de nutrição, após o qual você pode se livrar da gordura no abdômen com segurança, também recomendam associar a dieta Fit Gold.

O sistema consiste no fato de que, para começar, é necessário desistir de 5 produtos, cuja utilização, primeiro, leva à formação de gordura visceral e são: batatas, arroz polido, aveia, pão e doces, laticínios. Em segundo lugar, atenha-se ao sistema de energia abaixo. Além disso, os nutricionistas recomendam exercícios para grupos musculares abdominais e massagem de drenagem linfática para reduzir a gordura visceral. A massagem abdominal deve ser realizada 2 vezes por semana, utilizando movimentos circulares do umbigo para os lados, áreas inguinal e axilar.

Flocos instantâneos de aveia

A aveia está em boas condições e com aqueles que monitoram seu peso, e geralmente incluem mingau de aveia em sua dieta. E isso é compreensível, a aveia é saudável e ajuda a manter uma sensação de saciedade por um longo tempo. Mas, para obter todos os benefícios da farinha de aveia, você precisa comprar cereais que demoram para se preparar, de preferência 15 a 20 minutos. O fato é que a farinha de aveia, cuja preparação leva menos de 5 minutos, pode não ser útil. No processo de processamento, todas as substâncias úteis desaparecem dos flocos, mas os carboidratos e o amido permanecem.

Batata

Basta dizer que existe uma batata e você não pode melhorar, o principal é abandonar o uso de batatas fritas, batatas fritas. A maneira mais útil de cozinhar batatas, que ajuda a monitorar seu peso e não forma dobras de gordura na região da cintura, é assar batatas em brasas ou em casa no forno. Batatas assadas reduzem o colesterol e ajudam a remover o excesso de líquidos do corpo.

Pão e Assar

Pão e doces que contêm margarina, fermento em pó e açúcar são prejudiciais para quem quer ter uma cintura fina e uma barriga lisa. O fato é que a margarina é uma gordura modificada que possui propriedades cancerígenas. O fermento em pó pode causar úlceras estomacais e o açúcar aumenta os níveis de glicose no sangue. Portanto, se você não pode desistir de pão, leia o rótulo ao comprar e escolha o produto que não contém os ingredientes acima. E o melhor de tudo, assar pão integral em casa.

Laticínios

Muitas vezes, os laticínios são a base da dieta, mas não no nosso caso. Leite gordo, queijo, creme de leite e queijo cottage contêm gorduras animais, que não são alimentos dietéticos. Deve-se lembrar que, ao ingerir uma grande quantidade de alimentos gordurosos, as gorduras animais são depositadas nas dobras de gordura e formam gordura visceral. Se você não pode se recusar a usar produtos lácteos, escolha aqueles com menor teor de gordura.

Arroz polido

arroz mais útil para perder peso é o marrom. Mas é melhor recusar arroz branco polido. O fato é que ele contém muito amido e carboidratos, e praticamente não existem substâncias úteis. Durante o processamento do arroz, ele é limpo de todas as cascas duras, que contêm todas as substâncias úteis. Segunda-feira

plana dieta barriga

Café da manhã: salada verde, peito de frango cozido, chá.
Lanche: um copo de geléia recém feita de frutas.
Almoço: sopa de legumes.
Lanche: maçã assada.
Jantar: peixe cozido no vapor, decorado com um pouco de trigo sarraceno.

Terça-feira

Café da manhã: mingau de trigo sarraceno com água e sem açúcar
Lanche: chá e uma maçã
Almoço: carne assada
Lanche: salada de frutas.
Jantar: sopa de purê de legumes.

Quarta-feira

Café da manhã: omelete a vapor, vários legumes e um copo de suco.
Lanche: salada de frutas.
Almoço: peixe cozido com feijão verde.
Lanche: 2 kiwi.
Jantar: ensopado com cevadinha.

Quinta-feira

Café da manhã: mingau de arroz com leite de coco
Lanche: toranja.
Almoço: salada de legumes.
Lanche: dois kiwi e 2 maçãs.
Jantar: salada de frutas.

Sexta-feira

Café da manhã: 2 ovos cozidos, salada de pepino polvilhada com azeite, chá verde.
Lanche: salada de frutas.
Almoço: sopa de purê de legumes.
Lanche: batido de vegetais ou frutas.
Jantar: peixe cozido no vapor, decorado com um pouco de trigo sarraceno.

Sábado

Café da manhã: omelete a vapor e alguns legumes.
Lanche: salada de legumes.
Almoço: ensopado.
Lanche: chá e pêra, maçã.
Jantar: salada de couve-flor, arroz integral, lula e abacaxi.

Domingo

Café da manhã: omelete com tomate, chá verde.
Lanche: um punhado de nozes.
Almoço: peito de frango cozido no vapor, toranja, salada de repolho fresco.
Lanche: toranja.
Jantar: uma fatia de salmão assado, legumes frescos ao lado.

Exercícios abdominais

 

Leia também:  Frutas, vegetais, proteínas, desintoxicação: 15 melhores receitas de batidos